Blog

29.10.2019 | Notícias

Formação de motoristas deve ter clareza e consciência sobre comportamento seguro

Elaini Russi (1)

“Os Centros de Formação de Condutores não estão formando condutores para dirigir veículos automotores de maneira segura na via pública”, é a opinião de Elaini Russi, autora do livro “A transformação das Autoescolas em Instituições de Ensino”, lançado neste ano, sobre o papel dos CFCs na formação de condutores para a construção de um trânsito mais seguro.

 

Elaini Russi é mestre em psicologia e especialista em psicologia de trânsito. Já atuou como diretora de ensino e instrutora em CFCs e atualmente trabalha como psicóloga na CDA Ctran – Centro de Desenvolvimento e Aprimoramento de Comportamentos no Trânsito.

Segundo ela,  o foco dos CFCs ainda é a obtenção da CNH (Carteira Nacional de Habilitação), realidade que contribui para que, a cada 12 minutos, uma pessoa morra em decorrência de acidentes de trânsito no Brasil.

“É preciso criar a cultura de desenvolver comportamentos seguros e, por isso, a necessidade de transformar os CFCs em instituições de ensino”, explica. Segundo a psicóloga, “ a vantagem dessa transformação implica em aumentar a probabilidade da adoção de comportamentos seguros no trânsito e consequentemente diminuir o número de acidentes causados pelo fator humano”.

Estudiosa em análise do comportamento,  defende uma nova proposta para os Centros de Formação de Condutores. Sua proposta é padronizar o processo de formação de condutores e para isso ocorrer, sugere  uma mudança organizacional  para que cada unidade dos CFCs tenha  clareza do Objetivo Organizacional e, consequentemente,  das atividades que precisam realizar com o intuito  de criar condições para desenvolver o processo de formação de condutores, os desejados e necessários comportamentos seguros. Transformação que  contribui para efetivar a responsabilidade social dos CFCs.

Em seu livro, Elaini Russi enfatiza que a formação deficiente dos condutores colabora para os altos índices de acidentes. “ Falta na formação de condutores a clareza de quais comportamentos precisam ser desenvolvidos para que os candidatos a motoristas aprendam a circular nas vias públicas de maneira segura para si e para os demais usuários da via”, ressalta.

Vai mais longe ao defender que os CFCs  podem cooperar  para uma mudança na cultura de trânsito: “ Ao atuarem como instituições de ensino, os CFCs terão condições de realizar um processo de formação de condutores com foco no desenvolvimento de comportamentos seguros”, argumenta

 

Motoristas profissionais

Para  a psicóloga, falta informação sobre comportamentos seguros também para os motoristas profissionais. “Os comportamentos para conduzir veículos de modo profissional deveriam ser uma continuidade do processo de formação de condutores: desenvolver primeiro os comportamentos necessários para conduzir veículo automotor no processo de primeira habilitação e,  depois, aprimorar esses comportamentos para interagirem com veículos específicos e com tecnologias diferentes, porém diante das mesmas situações de trânsito que já aprenderam no processo de formação”, esclarece.

Sobre a proposta de alteração do Código de Trânsito Brasileiro, através do projeto de Lei 3267/19 que, entre outras proposições, dobra a pontuação limite para a suspensão da CNH e amplia de cinco para dez anos a validade da habilitação, Elaini acredita que  todos, enquanto cidadãos, têm parcela de responsabilidade na segurança no trânsito.

“As  propostas que tramitam diminuem a parcela de responsabilidade, quando na verdade deveria ser aumentada”. Ela também acredita que “aumentar a pontuação para suspensão da CNH de 20 para 40 pontos implica em diminuir a responsabilidade do condutor infrator e aceitar que cometa mais infrações e, consequentemente, o risco do aumento no número de acidentes de trânsito”.

A venda do livro “ A transformação das Autoescolas em Instituições de Ensino”, de Elaini Russi  está sendo realizada pelo site da CDACtran - www.cdactran.com

Contatos da autora:

E-mail: elaini@cdactran.com

Telefone: (47) 99261-8810

Linkedin: https://www.linkedin.com/in/elaini-russi-2a862893/ 

Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/9442960784724804

 

livro Elaini Russi

 

DEIXE UM COMENTÁRIO