Blog

28.05.2019 | Notícias

Empresas que investem em segurança são mais eficientes

Transportadoras que investem em tecnologias de segurança reduzem significativamente          os custos de operação e contribuem para um futuro com Zero Acidentes

A Fadel Transportes, especializada em distribuição urbana e transporte rodoviário, chegava a registar um tombamento por mês em sua frota de caminhões. Para reduzir esse número a empresa encontrou na tecnologia a solução para a gestão da segurança viária. O resultado? Uma redução de 75% no número de acidentes e uma economia anual de R$ 3 milhões, considerando apenas o conserto dos caminhões.

“Segurança tem três pilares fundamentais: tecnologia, treinamento e cobrança”, argumenta Ramon Alcaraz, presidente da Fadel Transportes. “A tecnologia me fornece a informação necessária para um acompanhamento ativo da operação, educação do motorista para um comportamento mais seguro e cobrança por resultados”.

A Fadel iniciou o processo de gestão da segurança com uso sistemas de telemetria para acompanhar a velocidade dos caminhões, o número de frenagens bruscas, a velocidade em curvas (força G) e para mapear as rotas e estabelecer parâmetros de velocidade de acordo com as condições topográficas e climáticas.

O segundo passo foi investir na compra de caminhões com o pacote completo de tecnologias de segurança ativa como sensor de fadiga; controle eletrônico de estabilidade, que reduz a possibilidade de derrapagem e tombamento em curvas; piloto automático inteligente, que evita colisão com o veículo a frente; sistema de monitoramento de faixa de rodagem e sensor de ponto cego.

“Segurança, além do fator moral e ético, tem um cunho econômico. O investimento em tecnologias promove uma economia direta de cinco a seis vezes em relação aos custos com avarias do caminhão”, diz Alcaraz.

A maior sofisticação da gestão de riscos e o investimento em tecnologias de segurança ativa embarcada nos caminhões são práticas cada vez mais comuns entre as transportadoras. Garante mais eficiência à operação, uma vez que reduz acidentes, assegura o cumprimento dos prazos de entrega e diminui custos.

A venda de caminhões Volvo equipados com o pacote completo de segurança aumentou em 20% nos últimos dois anos. “Os transportadores começaram a perceber as vantagens de investir em tecnologia, não só para prevenir acidentes, mas também para atender às metas de segurança que os embarcadores têm exigido cada vez mais. Em função dessa demanda, a Volvo oferece as tecnologias mais avançadas do mundo em segurança passiva e ativa nos seus produtos, inclusive nos veículos vendidos no Brasil”, afirma Alcides Cavalcanti, diretor comercial de caminhões Volvo.

Esse movimento das transportadoras representa uma contribuição fundamental para a Visão Zero Acidentes do Grupo Volvo, que tem como ideal de futuro zero acidentes envolvendo veículos da marca. “Hoje, com toda a evolução tecnológica que estamos vendo no mundo, há um maior amadurecimento do mercado para aquisição de novas tecnologias. E isso contribui para que a meta zero acidentes fique cada vez mais palpável”, diz Alvaro Menoncin, gerente de engenharia de vendas de caminhões Volvo.

Captura de Tela 2019-05-28 às 11.32.21 Captura de Tela 2019-05-28 às 11.32.35 Captura de Tela 2019-05-28 às 11.32.56

 

DEIXE UM COMENTÁRIO