BLOG

02.10.2014 | Notícias

Brasil não investe o suficiente para deixar de ter a pior logística dos Brics

País foi da 107ª para a 120ª posição no ranking de transportes, segundo o Fórum Econômico Mundial

Apesar do aumento do nível de investimento no setor, nos últimos anos, o Brasil ainda não investe o suficiente para deixar de ter a pior logística do Brics, o grupo de países em desenvolvimento composto por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

De acordo com o relatório anual de competitividade do Fórum Econômico Mundial, divulgado mês passado, o Brasil mudou da 107ª para a 120ª colocação no ranking de transportes de 2013, no total de 144 países. Fica atrás, por exemplo, de México, Vietnã e Etiópia.

Veja a notícia completa

01.10.2014 | Notícias

Brusque promove 1º Seminário de Mobilidade Urbana

Bicicleta e segurança no trânsito são temas do evento aberto à comunidade

seminariobrusque

?O papel da sociedade na segurança no trânsito? será o tema da palestra do consultor do Programa Volvo de Segurança no Trânsito, J. Pedro Corrêa, no 1º Seminário de Mobilidade Urbana de Brusque, que acontece no próximo dia 8 de outubro, em Brusque(SC). Laércio Batista Jr., fundador e atual vice-presidente do movimento pedalada, de Joinville, fará apresentação sobre ?A importância da bicicleta para a mobilidade urbana?.

O seminário é uma iniciativa da Prefeitura de Brusque que visa promover um momento de troca de ideias e experiências e contribuir para a promoção de um trânsito melhor, segundo o secretário de Trânsito e Mobilidade, Paulo Sestrem. O evento destina-se a servidores públicos, ciclistas, universitários e comunidade em geral. Após as palestras haverá uma mesa redonda para debate entre palestrantes e convidados.

Clique aqui para mais informações e inscrições.

30.09.2014 | Notícias

O Desafio Catarinense do Zero Acidentes

SeminarioZeroAcidentesSC

Empresários e representantes do setor de transporte estarão reunidos no próximo dia 16, em Balneário Camboriú (SC), para discutir ?O Desafio Catarinense do Zero Acidentes?, durante o Seminário Volvo de Segurança Zero Acidentes, que acontece no Hotel Infinity Blue , das 12:00 h as 18:45 h.

Participam do evento o presidente da NTC & Logística/Fetranstec/Sest-Senat, Pedro Lopes, o empresário Emílio Dalçóquio, o presidente do Setracajo/Transpocred/Aceville, Ari Rabaiolli, o diretor da Transtech, o gerente de engenharia de vendas da Volvo, Álvaro Menoncin, o consultor do Programa Volvo de Segurança no Trânsito, João Pedro Corrêa, e a coordenadora do PVST, Anaelse Oliveira, além de empresários e autoridades catarinenses.

Os participantes debaterão o tema ?Zero Acidentes, um sonho ou uma possibilidade??, conhecerão a pesquisa sobre a imagem do TRC no Brasil e em Santa Catarina, e também conhecerão a ISO 39001, que trata do gerenciamento da segurança no trânsito, e que já vem sendo aplicada em vários países, oferecendo às empresas uma ótima oportunidade de padronizarem suas ações de segurança rodoviária.

Segurança veicular é tema de painel no Congresso SAE Brasil

Começa hoje o 23º Congresso e Mostra Internacionais SAE BRASIL de Tecnologia da Mobilidade. O evento, que vai até 2 de outubro, acontece no Pavilhão Vermelho do Expo Center Norte, em São Paulo.

O Painel Segurança Veicular ?Tecnologia avançada em Sistemas de Segurança?, contará com a presença de Steffen Sohr, diretor de Sistemas & Simulação e Colisão Frontal da Takata AG (Berlim-AL), de Frank Kästner, diretor de Desenvolvimento Avançado da Divisão de Controle de Sistemas de Chassis da Bosch GmbH (Abstatt-AL); e Dan Milot, diretor técnico na área de Freios da TRW Automotive (Michigan-EUA.

Steffen Sohr é engenheiro mecânico, responsável pelas atividades de desenvolvimento de sistemas frontais da Engenharia Global da Takata alemã, e falará da última geração de sistemas de retenção (segurança passiva), sua evolução, e de tendências futuras.

29.09.2014 | Notícias

Lei seca mudou comportamento dos brasileiros

Estudo de pesquisadores da USP reuniu dados de 54 mil adultos de 27 capitais brasileiras         

566x228_Alcolock

A ?lei seca?, introduzida em 2008 e modificada em 2012 favoreceu a redução em 45% na prevalência de consumo abusivo de álcool (acima de 4 doses para as mulheres e 5 para homens), segundo estudo publicado na Revista de Saúde Pública, da USP, a partir de levantamento realizado entre 54 mil adultos residentes nas 27 capitais brasileiras.

As maiores mudanças no comportamento dos brasileiros foi identificada nos dois primeiros anos do levantamento, revela o estudo. Dirigir alcoolizado produz alterações neuromotoras. Mesmo com consumo mínimo (0,3 dg/l, ou uma dose), há diminuição na atenção e falsa percepção de velocidade, além de euforia e dificuldade de discernir distintas luminosidades.

Leia esta notícia na íntegra direto na fonte